7 regras e recomendações que a Federação Internacional de Xadrez(FIDE) sobre o jogo de Xadrez

 

Como se sabe, o Xadrez possui muitas regras. Algumas delas, como os movimentos de cada peça, ou a posição do tabuleiro, ou posição inicial das peças normalmente são respeitadas sem muito problema. Porém, quando o assunto são movimentos extraordinários, situações específicas como tocar em uma peça sua, tocar em uma peça do adversário ou apontar o dedo no tabuleiro para facilitar o cálculo da jogada, muitas pessoas não sabem como proceder ou ficam na dúvida sobre o que diz a regra. Listaremos aqui uma série de normas e recomendações da FIDE para a condução da partida de Xadrez.

Anand, um exemplo de esportista

O GM indiano Anand é um exemplo de esportista, estando a mais de 10 anos no topo da lista mundial nunca se envolveu em escândalos, preservando sua imagem de Cavalheiro e bom esportista!

 

1) Quem começa a partida?

Resposta: O jogador das peças brancas. Em geral, sorteia-se quem começará a primeira partida com as brancas. Nas partidas seguintes, alternam-se as cores entre os jogadores.

 

2) O que acontece quando eu toco...?

 

a) em uma peça minha?

 

Resposta: você é obrigado a mover com aquela peça, caso seja possível. Uma máxima do Xadrez é: PEÇA TOCADA, PEÇA JOGADA!

 

b) em uma peça de meu adversário?

 

Resposta: você é obrigado a capturar aquela peça case seja possível com qualquer peça de seu controle apta a realizar a captura

 

c) em uma peça minha e uma de meu adversário?

Resposta: deverá capturar exatamente a peça adversária que você tocou com a sua peça que também tocou.

 

 

Nesse vídeo, o experiente Top GM Hikaru Nakamura toca no seu próprio Rei em um momento onde movê-lo causará a derrota da partida. Como trata-se de uma regra do jogo, seu adversário o GM Levon Aronian não quis nem saber de conversa e recorreu ao árbitro.

 

3) Quero arrumar minhas peças mas não quero movê-las, como proceder?

Resposta: Cada jogador poderá organizar somente suas próprias peças e somente se for sua vez de jogar. Também é necessário avisar ao adversário que organizaremos nossas peças. Utiliza-se o termo francês j’adoube, que significa eu arrumo, eu endireito. Fora de competições, podemos falar simplesmente: “com licença”.

Não é permitido endireitar as peças do adversário, mas é possível solicitar ao mesmo que ele o faça.

 Magnus Carlsen arruma suas peças

O Campeão do Mundo GM Magnus Carlsen organuza suas peças em seu proprio tempo

4) Existe falta no Xadrez?

Resposta: Sim, chama-se lance irregular. Acontece quando um dos jogadores executa um movimento que não condiz com as regras do jogo. Mover um Cavalo na diagonal por exemplo, ou levar o Rei até uma casa ameaçada pelo adversário são lances faltosos. Levar um xeque e não sair do mesmo também é considerado falta. As faltas também podem levar a perda da partida. Dependendo do ritmo de jogo que se está praticando, com apenas uma falta perde-se a partida.

 

5) É possível abandonar uma partida?

Resposta: Sim. Quando um dos jogadores constata que não há como reverter a sua situação perdedora no tabuleiro e que a derrota é questão de tempo o mesmo não precisa sofrer até o xeque mate. É permitido o abando voluntário da partida a qualquer momento.

 

6) E sobre o abandono obrigatório?

Resposta: Também é legítimo. Um jogador é obrigado a abandonar a partida se deliberadamente derrubar as peças do tabuleiro ou caso se recuse a cumprir uma norma legítima exigida pelo adversário.

 

7) E sobre o comportamento do jogador durante a partida?

 O respeito entre enxadristas, crianças cumprimentam-se

Em um jogo de Damas e Cavalheiros, respeito é a lei maior a ser zelada

Resposta: Ao se conduzir uma partida, diversos fatores devem ser observados e cumpridos a risca. São eles:

  1. Durante a partida é proibido utilizar notas, livros, softwares ou qualquer meios de ajuda;
  2. Não se volta um movimento legal em Xadrez;
  3. Não é permitido apontar no tabuleiro ou tocar o mesmo para facilitar o cálculo da jogada;
  4. Não é permitido importunar o adversário com gestos, sons, ruídos ou tentando distrair o mesmo de qualquer maneira que seja;
  5. Ao se realizar o roque, move-se primeiro no Rei e depois a Torre;
  6. Não é permitido realizar comentários sobre o lance do oponente em momento nenhum durante a partida. Análises são bem vindas, porém somente após o término da partida;
  7. Na promoção, retira-se o peão imediatamente após sua chegada a casa final;
  8. A mesma mão utilizada para mover a peça deve ser utilizada para acionar o relógio;
  9. Pelo cavalheirismo do xadrez, o jogador derrotado deve cumprimentar seu oponente após o término da partida. A falta do mesmo é considerado falta de fair play pela FIDE.

 

Esse é o básico sobre a condução da partida. Para ser árbitro de Xadrez uma pessoa deve conhecer a lei do xadrez e suas aplicações. Todos torneios necessitam de pelo menos um árbitro para fazer valer a lei do xadrez na competição.