Diferente de alguns esportes como vôley, basquete e judô, no Xadrez é possível o empate. E que participa de torneios e competições de Xadrez, já deve ter se deparado com a seguinte situação: dois ou mais jogadores empatam na pontuação ao final do torneio, porém, um deles fica na frente e outro consequentemente fica uma ou mais posições atrás. Mas qual o motivo? Como funcionam esses tais critérios de desempate? Para entender de uma vez por todas os critérios e não se surpreender ou decepcionar em seu pós torneio, explicaremos os principais critérios utilizados nos torneios oficiais.

 

Basicamente todo critério considera algum desempenho, ou do próprio enxadrista ou de seus adversários. Veremos os principais de cada caso.



Critérios que consideram o desempenho dos adversários do enxadrista:

Casos de empateBobby Fischer e Boris Spassky não precisaram de critérios, afinal o match não terminou empatado..

 

Milésimos Totais (M-Buch)

 

É chamado também de Büchholz, os milésimos totais considere a força dos adversários de um determinado jogador após o torneio, realizando a soma da pontuação dos adversários do jogador.

 

O valor dos milésimos totais é definido da seguinte forma:

 

Buch = Pontuação final dos adversários

(É a soma da pontuação de todos adversários do enxadrista no torneio)

 

É importante destacar que este critério é melhor empregado em torneios no Sistema Suiço,  afinal, no Round Robin os adversários de dos jogadores serão os mesmos.

 

Milésimos Medianos (M-Buch)

 

O Median Büchholz, ou em português milésimos medianos segue a mesma lógica dos milésimos totais, porém, desconsidera o melhor e o pior resultado.  A principal justificativa é retira resultados muito destoantes de jogadores muito mais fortes ou fracos que o enxadrista em questão.

 

Sonnenborn-Berger (SB)

 

O SB é um critério muito utilizado não só nos torneios oficiais de xadrez, como também no de damas. Ele atribui valores diferentes para o resultado de seus oponentes levando em consideração de o embate entre você e eles resultou em uma vitória, um empate ou uma derrota. Funciona da seguinte maneira:

 

100% da pontuação dos adversários que o jogador obteve uma vitória

+

50% da pontuação dos adversários que o jogador obteve um empate

+

0% da pontuação dos adversários que o jogador obteve uma derrota

O resultado dessa soma é o valor do seu SB.



Critérios que consideram o desempenho do próprio enxadrista:

Critérios de desempate

Progressivo:

 

É chamado também de Escore Acumulado que é a soma dos pontos de um jogador rodada após rodada. O critério beneficia o melhor desempenho desde o início do torneio, considerando que no sistema suíço as partidas ficam mais difíceis a cada rodada. Assim, quem obtém vitórias nas primeiras rodadas jogará contra jogadores mais fortes e vice-versa.

 

Confronto direto:

 

Esse critério considera o resultado da partida jogada entre os dois jogadores empatados em pontuação e nos outros critérios. Neste caso, o jogador que obteve vitória no confronto direto entre eles também ficará uma posição na frente em caso de empate.

 

Maior número de Vitórias

 

Considera que dentro da pontuação, as vitórias valem mais e servem como critério de desempate. Vamos ilustrar isso com um exemplo:

 

Jogador A: Terminou o torneio com 5 pontos de 7 possíveis, com o seguinte desempenho:

4 vitórias 2 empates e 1 derrota;

 

Jogador B: Também terminou o torneio com 5 pontos de 7 possíveis, mas com o desempenho de:

5 vitórias 2 derrotas e 0 empates;

 

Neste caso, pelo critério de maior número de vitórias venceria o Jogador B, pois o mesmo obteve o maior número de vitórias.

 

Maior número de vitórias com as peças pretas

 

Como no Xadrez as brancas sempre iniciam o combate, entende-se que existe uma vantagem, mesmo que pequena em jogar com as peças brancas. Sendo assim, este critério valoriza a vitória com as peças pretas considerada “mais difícil”.

 

E como aproveitar desse conhecimento nos torneios?

Critérios de desempate

Agora que você já conhece os critérios de desempate, utilize-os em seu favor. Aí vão algumas dicas fáceis para entender melhor e observar na competição:

 

  • Leia o regulamento do torneio antes da competição, e se necessário consulte ele durante ou após a competição. Nele estarão descritos todos os critérios e a ordem dos mesmos.

 

  • Fique de olho nos seus adversários. O desempenho deles ao longo do torneio influencia seus critérios, como já vimos. É claro que não há o que fazer na partida alheia, mas não custa nada torcer pra um adversário seu de uma rodada anterior par ele vencer e melhorar seus critérios.

 

 

  • Evite abandonar o torneio por “tilt”. Sim é um direito seu sair do torneio a qualquer momento e a regra do jogo o permite. Em algumas situações abandonar um torneio pode até garantir uma norma para um jogador, uma vaga em uma competição de maior importância ou até uma premiação. O problema é fazer dessa atitude um hábito, afinal, sair do torneio afeta os critérios de seus adversários, que em alguns casos considerarão falta de fair play de sua parte.

 

 

  • Acompanhe os critérios ao longo do torneio. Nos sites e programas de emparceiramento esses campos são facilmente encontrados ao lado da pontuação cumulativa entre as rodadas. Com essa informação em mãos é mais fácil traçar ou readaptar sua estratégia pro torneio.

 

E você, já terminou um torneio empatado em pontos com alguém e teve que decidir no critério? Compartilhe conosco nos comentários o seu caso ou envie alguma dúvida. Até a próxima ;)